Browse By

Bogotá Suena: projeto une mercados musicais da América Latina

Por meio da coletânea Bogotá Suena, o Instituto Distrital de las Artes busca unir artistas de diferentes países da América Latina. Fonte: Divulgação/Trovoa

Por meio da coletânea Bogotá Suena, o Instituto Distrital de las Artes busca unir artistas de diferentes países da América Latina. Fonte: Divulgação/Trovoa

Talvez um dos maiores desafios enfrentados no cenário da música é a falta de divulgação. Mas vez ou outra um novo projeto surge para tentar mudar a vida de artistas promissores que buscam ir além das fronteiras de seu país. Uma iniciativa legal que deve ajudar 24 artistas é a coletânea Bogotá Suena.

Criada pelo Instituto Distrital de las Artes (entidade pública da capital colombiana) em parceria com a produtora Mundo Giras, a coletânea busca romper barreiras e unir fortes mercados musicais através da latinidade. “Hoje, os quatro mercados musicais mais fortes da América Latina são Colômbia, Argentina, México e Brasil. E, por cinco anos consecutivos, estes mercados foram os que mais cresceram anualmente no streaming mundial”, explica Hernan Halak, diretor da produtora Mundo Giras.

O projeto chegou ao seu quarto volume em 2020, mas é a primeira vez que o produto conta com lançamentos nos mercados brasileiro, espanhol e mexicano. Para a escolha dos participantes deste volume, a produtora e o Instituto optaram por artistas engajados com causas ligadas ao meio ambiente e que representem a efervescente cena musical da Colômbia.

“A cena alternativa bogotana tem muitíssimas cores e o compilado do Bogotá Suena é importante porque percorre pelo trabalho de diferentes artistas de gêneros bem variados. Do rock, ao punk, ao pop, ao folk. Sinto que representa não só Bogotá, mas o que é a Colômbia cultural e musicalmente, toda nossa mescla de sonoridades”, conta Pedrina, uma das participantes da incrível coletânea.

Ficou com vontade de ouvir sons da Colômbia? Então, ouça o quarto volume da coletânea Bogotá Suena logo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *